quarta-feira, 26 de julho de 2017

COMO FOI FUNDADA A UNIVERSIDADE DE STANFORD?


Teria surgido assim a universidade Stanford?


Malcolm Forbes conta que uma senhora e seu marido desceram do trem em Boston, EUA, e se dirigiram timidamente ao escritório do presidente da Universidade Harvard. A mulher usava um vestido de algodão já desbotado e o homem trajava um velho terno feito a mão.  Eles não haviam marcado entrevista.  A secretária olhou-os num relance e logo pensou: - pobres, o que será que querem aqui?
–  Queremos falar com o presidente – disse o homem em voz baixa.
–  Ele vai estar ocupado o dia todo – respondeu a  secretária rispidamente.
E eles responderam:   – nós  vamos esperar.
A secretária os ignorou por horas a fio, esperando que o casal finalmente desistisse e fosse embora. Mas eles ficaram ali, e ela, um tanto frustrada, decidiu incomodar o presidente, embora detestasse fazer isso.
–  Se o senhor falar com eles apenas por alguns minutos, talvez resolvam ir embora – disse ela. O presidente suspirou com irritação, mas concordou. Com o rosto fechado foi até o casal.
–  Tivemos um filho que estudou em Harvard durante um ano – disse a mulher. Ele amava Harvard. Mas, um ano atrás ele morreu num acidente e gostaríamos de erigir um monumento em honra a ele em algum lugar do campus.
–  Minha senhora   –  o presidente respondeu com rudeza –  não podemos erigir uma estátua para cada pessoa que estudou em Harvard e morreu. Se o fizéssemos este lugar iria parecer um cemitério.
–  Oh, não! Respondeu a senhora, rapidamente   –  não queremos erigir uma estátua. Gostaríamos de doar um edifício à universidade.
O presidente olhou para o vestido desbotado da mulher e para o velho terno do marido e exclamou:  
– Um edifício! Os senhores por acaso teriam  uma pálida ideia de quanto custa um edifício? Temos mais de 7,5 milhões de dólares em prédios aqui em Harvard.
A senhora ficou em silêncio por um momento, e então disse ao marido:
–  Se é só isso que custa para fundar uma universidade, por que não termos a nossa própria?
O marido concordou. O casal Leland Stanford levantou-se e saiu, deixando o presidente confuso. Viajando para Palo Alto, na Califórnia, eles fundaram   ali a Universidade Stanford, em homenagem a seu filho, ex-aluno de Harvard.
Moral da história: não se deve julgar as pessoas pela aparência.

Fonte: Jornal GGN
____________________________________
Nota: Confesso que fiquei emocionado quando assisti no WhatsApp ao vídeo onde Salomão Schvartzman narra o texto acima. Acontece que esse não é um fato real. Leia o que André Araújo comentou sobre isso:
"A história é muito bonita, mas ABSOLUTAMENTE FALSA, inverossímil e fora da realidade.
1. O filho único de Leland Stanford NUNCA foi aluno de universidade, morreu de TIFO com 16 anos em Florença na Itália, em 1884. Portanto essa história nunca existiu e Stanford nunca teve esse perfil de homem modesto e simples.
2. Quando Leland Stanford fundou a Universidade em 1885, um ano após a morte do filho, já tinha sido Governador da Califórnia 24 anos antes, em 1861 e Senador entre 1869 a 1877; era um homem imponente e nacionalmente conhecido.
3. Leland Stanford NUNCA foi um capiau mal vestido. Era um aristocrata, granfino e um dos homens mais poderosos dos EUA,  um dos quatro grandes barões ferroviários do país ao lado de Collins Huntington, Mark Hopkins e Charles Crocker, todos "águias" do mercado financeiro, temidos e com reputação de "barra pesada".
Jamais um homem como esse iria esperar horas para ser atendido pelo presidente de uma universidade.
A casa de Leland Stanford no Nob Hill, em San Francisco, era um palácio, era onde está o Hotel Renaissance. Aliás um dos corredores do grande lobby do hotel é todo ele dedicado a Leland Stanford, com fotos da mansão que estava naquele terreno, da família, etc. Stanford era também um dos maiores acionistas do Wells Fargo , hoje o maior banco dos EUA em valor de mercado. Deixou uma fortuna de US$ 50 milhões, equivalente hoje a US$ 12 bilhões.
Leland Stanford, através da ferrovia Southern Pacific, foi um dos empresários que fez a ligação continental dos EUA, com uma ligação ferroviária Costa a Costa, feito fundamental para o surgimentos dos EUA como potência.
Tampouco é crível que Malcoml Forbes tenha contado essa história absolutamente inverossímil. Aliás, um pequeno detalhe, em 1884, ano da morte de Leland Stanford Junior, não existiam secretárias mulheres; quem exercia essa função eram homens. O nome oficial da universidade é LELAND STANFORD JUNIOR UNIVERSITY. No terreno da universidade estão enterrados o casal Stanford e o filho.
É uma visita obrigatória para quem vai a San Francisco. O campus é muito bonito, a livraria espetacular, até vendem meus livros lá, uma grande quantidade de edifícios, loja de roupas, supermercado, farmácia e banco da universidade (Stanford Credit Union) que financia carros, imóveis, etc. O único problema é que é uma universidade cara."
Diante do exposto, aconselho que, por mais bonita e interessante que pareça uma história, sempre se busque saber se a mesma é verdadeira. Palestras motivacionais, por exemplo, estão cheias de contos inventados para estimular seus ouvintes e que acabam se propagando pela internet, enganando a muitos.